pisava
com a mesma fração de segundo
que a demora da delicadeza
de seu tato

pousava
no mantra que o sonho emitia
como ronco profundo de criança

som de ciranda

sentia,
já que não via

o sonido era ilusão
para a falta de visão
de seu apreço

e se a terra não existesse, a gente pisava onde?

L.L.

Foto: autor desconhecido

11986355_880121255414466_4732723043802608341_n

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s