… ausência da saudade

Tivera medo
de vestir sua nova década
Tivera medo
de recusar sua nova existência
Tivera medo
de encarar novos caminhos
Tivera medo
de berrar sua nova dor
Tivera medo 
de assumir tanto rancor
Tivera medo
de tatuar tudo que não aceitara mais
Tivera medo
de, também, cansar do mundo
Tivera medo
de permanecer no raro, raso, castelo
Tivera medo
do seu próprio mau humor
Tivera medo
da ausência da saudade
Tivera medo
de sua própria expulsão
Tivera medo
de não temer
de não ter

e de tanto,
teve.


L.L.
23.12.14
10407285_743409189085674_9085501142627779360_nArte: ilustre,
James C. Christensen

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s